top of page

Palavras na ponta da língua.... mas nem sempre o significado é o imaginado pelo ouvinte!


Por um lado, profissionais de saúde utilizam seus jargões, várias palavras complicadas que precisam muitas vezes serem desmistificados e desvendados para a consulta com o paciente.




Por outro lado, os pacientes procuram se apropriar cada vez mais dos "jargões médicos". Tanto para melhorar a comunicação e um certo respeito da parte do profissional da saúde, quanto pelas leituras e buscas em banco de dados de informação através dos mecanismos de busca online




Mas quando o paciente fala em CERVICAL?

Você já pediu para ele mostrar onde é a sua cervical?

Onde é essa dor?





Você sabia que não são raros os casos em que o paciente confunde a lombar com a cervical?








A região dorsal, por vezes está relacionada a queixas como "pontadas no pulmão" e o diagnóstico diferencial é muito importante para o diagnosticar dorsalgias.









A coluna lombar, a cintura, "as cadeiras", ou até os rins! Nada como uma boa comunicação solicitando ao paciente para mostrar onde ele sente a sua dor.







Mostar a região da dor poderia ser:

- através de toque no seu proprio corpo

- pintar um mapa corporal

- mostrar em um boneco, ou até esqueleto

tudo depende das estratégias e analgias construídas e aprimoradas durante a consulta.



Cintura, quadrils, cadeiras também podem ser utilizados para fazer referências as dores sacro-iliacas!







Aqui um breve resuminho esquemático das partes da nossa coluna lombar.




O importante é perguntar, desenhar, entender e validar a informação, para não cair no pensamento rápido!



Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo