top of page

Aprendendo a controlar um "terceiro polegar"

🧠 Nessa pesquisa os participantes aprenderam a controlar "esse polegar extra" 👍 por sensores colocados nos artelhos (dedos dos pés) 🦶.



🖥 imagens mostram que o cérebro aprendeu, mas perdeu área de representatividade dos dedos! 😱

testes também mostram que a 🔛 ausência de propriocepção no novo dedo dificulta o aprendizado.🤔 Mas que depois de aprendido o movimento, nem a redução do estímulo proprioceptivo impede o controle motor do "novo segmento corporal"


Imagens também mostram que na dor crônica temos baixa representatividade de áreas somatossensoriais (regiões do córtex que identificam as sensações nas diferentes partes do corpo)

mas sabemos que podemos aprender oferencendo novos estímulos


incluir um novo segmento corporal também fez "bagunça nessa matrix cortical"

e para o treino ser mais efetivo, era necessário ter as percepções do meio, além do comando motor!


Ou seja,

somos a resposta dessa interação entre nosso interior e o ambiente em que estamos inseridos!!




FONTE:

Somatosensory signals from the controllers of an extra robotic finger support motor learning

E. Amoruso, L. Dowdall, M.T. Kollamkulam, O. Ukaegbu, P. Kieliba, T. Ng, H. Dempsey-Jones, D. Clode, T.R. Makin


Polegar extra artigo Amoruso 2021
.pdf
Download PDF • 464KB

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page