Avançar para o conteúdo principal

Água!! - Dica da Nutricionista Daniela Felício


O homem pode viver sem comida durante trinta dias, porém, dependendo de algumas condições, só pode sobreviver durante quatro a dez dias sem água. A água é o segundo elemento essencial para vida, executando muitas funções no corpo humano, principalmente como reguladora da temperatura corporal.

No esporte, a desidratação pode levar a queda no rendimento do atleta, especialmente quando a temperatura do ambiente é alta. Neste contexto, várias bebidas repositoras tem sido usadas visando minimizar os efeitos negativos deste processo. Dependendo da composição destas bebidas, elas exercem diferentes efeitos no desempenho físico. A ingestão de água é essencial para a manutenção da termorregulação, sua reposição insuficiente afeta a capacidade de realizar exercício, comprometendo o rendimento. A presença de eletrólitos, principalmente sódio, pode auxiliar no processo de hidratação, aumentando a palatibilidade, a absorção de glicose e água, reduzindo os riscos de hiponatremia (baixa concentração de sódio). 

Bebidas contendo carboidrato oferecem vantagens ao exercício, pois, previnem a queda da glicemia, e estimulam a absorção de líquidos e eletrólitos e aumentam a palatibilidade.

Repositor de maracujá (1 Litro)
Suco de maracujá - 50 ml (1/4 copo de requeijão)
Açúcar refinado – 60 g (4 colheres de sopa cheias)
Sal 1g (1 colher de café rasa)
Água quantidade necessária para completar 1 litro

Repositor de kiwi (1 Litro)
Kiwi - 100 g (3 unidades)
Açúcar refinado – 45 g (5 colheres de sopa rasas)
Sal 1g (1 colher de café rasa)
Água quantidade necessária para completar 1 litro


Repositor de uva (1 Litro)
Suco de uva integral – 100 ml (1/2 copo de requeijão)
Açúcar refinado - 42 g (3 colheres de sopa cheias)
Sal - 1g (1 colher de café rasa)
Água quantidade necessária para completar 1 litro



Texto da Nutricionista Daniela Felício  - Curta sua página no Facebook
Curta a nossa página no Facebook 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Prevenção da dor crônica

O tratamento precoce de qualquer doença sempre foi uma sábia ação.Com a dor não é diferente. Não sofra à toa! Não tente suportar a dor em situações difíceis e sobretudo, Não deixe que a dor influencie a sua qualidade de vida! Tome uma atitude, adote estratégias (farmacológicas ou não) para o conter o sintoma. 
Eu me lembro bem, eu no pós-operatório da minha cirurgia de apendicite (com 9 semanas de gestação do meu primeiro bebê). Acordei e senti dor. Pedi analgésicos até chegar a um vestígio do sintoma. Eu não ia sair dali com dor né!? Eu estava no melhor local para ser medicada, tinha que garantir meu conforto ali, no hospital, tanto no pré operatório quando no pós! Afinal de contas se estudamos a dor crônica e verificamos que cirurgias com analgesia ineficaz são potenciais fatores de risco para a dor persistente - eu não queria isso de brinde!? E Nem você! Então fale SEMPRE e não sinta dor à toa.
(abro parênteses para defender a dor do parto natural - esta não é uma dor à toa, é uma do…

Dor no Frio - piora? o que fazer?

Hernia de disco - na mídia - com Dra. Juliana Barcellos de Souza, PhD, Fisioterapeuta Educa a Dor

Mal recorrente na população adulta, cerca de 30% das dores na colunapodem se tornar crônicas – com maior intensidade e duração. Entre as causas mais comuns, está a Hérnia de Disco. Advinda de uma fissura no disco intervertebral,é resultado da má postura, de exercícios ou movimentos bruscos, que pressiona os nervos da região e gera dor.

“Entre cada corpo vertebral, há um disco intervertebral, cuja função é amortecer e garantir a mobilidade da coluna em diversas direções. A hérnia é uma projeção do disco além do limite do corpo vertebral, uma espécie de massa de modelar seca que, ao mobilizar, perde sua integridade - ao contrário de uma massa nova, úmida, que podemos trabalhar em várias direções sem desmanchar”, explica a dra. Juliana Barcellos, Coordenadora Científica do Comitê de Dor e Movimento da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED).

A fisioterapeuta alerta que uma quantidade significativa da população adulta sofre de hérnia de disco e aponta possíveis fatore…