Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

Feliz Natal | Horários para o período das festas

Voltaremos com horário normal em 4 de janeiro de 2012
Horários de funcionamento para período das festas:

Pilates & Funcional   Atendimentos até dia 26 de dezembro Recesso entre 27 de dezembro 2011 e 4 de janeiro de 2012

Fisioterapia, RPG, Busquet Atendimentos dia 28 de dezembro de 2011   Recesso entre 29 e  e 4 de janeiro de 2012

Caminhada com Piquenique : Campanha Pare a Dor (São Paulo)

Para 2012: Muito Jogo de Cintura!

Inspirada na reportagem da revista  Vida Simples de Dezembro 2010, hoje,  escrevo sobre o Jogo de Cintura que devemos  ter para encarar as surpresas que a vida nos reserva. 

*-*-*-*-*-*


Dezembro, um mês de alta diversidade:


 - poucos dias de trabalho, início das férias | recesso de final de ano,

 - reflexões sobre as metas estabelecidas para o ano que se conclui,

 - ansiedade e curiosidade pelo que nos espera no ano que está por vir,

  - ansiedade e emoção em encontros familiares,...


Enfim, talvez não seja este o mês da Alavanca Profissional
mas o final do ano é propício à Introspecção (fazer um Balanço interior), avaliar o que deu certo ou errado, reavaliar as escolhas feitas e elaborar novos rumos para seguir (sempre) em frente!

Planejar e estar receptivo aos sinais do ambiente, aos nossos sentimentos, emoções e instintos. 
Planejar e agir em momentos onde o sincronismo destes crie aquela oportunidade.
Estar e agir, sabendo que a vida é uma "caixinha de surpresas" e, sem perder…

Não tenha medo de Sonhar!

Coaching : Conquiste mais Saúde!

Pergunte a um Coach qual sua função?
Sabe qual será sua resposta?


Aqui temos um pequeno vídeo, divertido, Assista ;-)





Nossa função: Guiá-lo(a) no caminho do seu sonho.


* Boas festas * * Bons sonhos * Juliana

Uma pessoa que amo sofre com dores.... o que posso fazer?

Embora a maioria das pessoas que consultam seja aquela que sofre com dores persistentes escrevo este texto porque vários familiares têm entrado em contato com a clínica para conhecer melhor nosso trabalho e saber "como posso ajudar"? 





Acompanhantes, familiares e amigos convivem quase diariamente ca "a dor do outro", ouvem suas queixas, confirmam suas limitações, .... e sentem-se - as vezes - incapazes. Incapazes de ajudar aquela pessoa tão gentil que lhe apoiou em tantas momentos difíceis da sua vida.


A pessoa com dor tende a isolar-se, muitas vezes para não incomodar aqueles que ela ama & ...as vezes, a dor é intensa e dificulta sono, alimentação e outras necessidades básicas do ser humano, ...  Será que você (também) não ficaria de mal humor?

A dor tem este lado,
o lado de deixar vulnerável aquele que sofre e aquele que assiste ao sofrimento.
Mas lembre-se, somos vulneráveis quando temos pouca informação sobre o assunto, então não desanime-se, informe-se! ;-)

Mais uma Escola da Dor concluída com Sucesso!

Entre os meses de outubro e dezembro de 2011 tivemos mais um grupo de transformação para : Aprender a controlar a dor.

Parabéns pelo sucesso e pelas conquistas nestes 3 meses, melhora no alívio da dor e na gestão do sintoma de 68% a 89% !

"... eu achava que controlar a dor fosse ficar quietinha em um cantinho me controlando para não tomar remédio. Hoje vemos que não é nada disso!!! É controlar para que ela não venha, fazendo muitas coisas! Posso fazer coisas que eu nem lembrava que fazia"  

(Paciente da turma de out/dez 2011)





Mais Saúde (Dezembro)

Tenho Fibromialgia, e agora?

Do início das dores no corpo até o diagnóstico de Fibromialgia existe um longo processo de busca que envolve inúmeras consultas e exames, muitas dúvidas, ansiedade, perdas do sono, até mesmo discussões com familiares ou amigos.
A dificuldade do diagnóstico é apenas um dos obstáculos de quem sofre destas doenças. 

Após conhecer o nome da doença, a pessoa geralmente ouve a triste frase que “tem que aprender a viver com dor”. Mas como? E por quê? Como ter uma vida agradável, como recuperar a autoestima, a confiança, a segurança, sem medo de crises e recaídas intensas?
Muitos irão descrever a Fibromialgia como uma doença sem cura. Mas, embora sem cura, os pacientes podem controlá-la, da mesma forma que um Diabetes, por exemplo.
Um paciente com Diabetes aprende a controlar sua glicemia (taxa de açúcar no sangue) através de uma alimentação saudável, exercícios físicos e recorre aos medicamentos quando necessário. Mas, este paciente APRENDEU a desenvolver hábitos de vida saudáveis com N…